Brilho

sunsets-nature-beach-sea-birds-vintage-photography-seascapes-hd-beach-picture-nature-beach-hd-wallpaper

E então você fica sem saber se você que foi até as estrelas ou elas vieram até você. O brilho é imenso, chega a doer a vista, mas você não queria estar em nenhum outro lugar no universo. Isso é aceitável, já que todo o seu universo está ali, gerando tanta luz, tanto brilho.

Você ficou rezando o tempo todo pra sua mãe não te acordar ou para que o despertador fique sem bateria, pois é tudo tão frágil como num sonho, daqueles que você sabe que não vai conseguir voltar e nunca vai ter novamente. Você respira fundo e cai a ficha: é tudo real, você está ali no meio de todas as estrelas do universo.

Anos se passam e você olha pro lado e vê todo aquele brilho ao seu redor e mesmo que seus olhos se acostumem à luz, a intensidade dela sempre foi a mesma, desde a primeira vez, mas ainda é confuso.

Você foi às estrelas ou as estrelas vieram até você?

E com o passar dos anos se torna compreensível. As estrelas procuravam algo pra iluminar e você procurava por luz,  o universo então conspirou a favor dos dois e você e todas as estrelas se encontraram no meio do caminho. Um precisando do outro, um destinado ao outro.

E agora vocês caminharão juntos. O brilho das estrelas e você, lado a lado. Até depois do fim do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s