Morango

images

Tinha gosto de novidade e de morango. Parecia que tinha cola ou algo parecido que fazia com que eu ficasse ali, sem nenhuma vontade de desgrudar. Seu maxilar estralou e você deu risada, uma risada abafada que liberou seu hálito de morango. Aquele morango artificial que colocam nos milkshakes. Eu odeio morango. Mas não na sua boca.

Você se afastou com aquele sorriso largo que me tira a concentração, se virou e bebeu mais um gole daquele morango. Que morango horrível, que morango sortudo. E você falava dos seus planos com brilho nos olhos e tudo aquilo me renovou de uma forma que me fez sentir saudade de quando eu sonhava daquele jeito. Me perdi pelo caminho e fiquei assim, rabugento. E mesmo quando você me deu aquele chantilly com gosto de morango, eu só conseguia pensar em ouvir seu maxilar estralar de novo, ver você rir de novo daquilo. Por favor, vai ver isso, ok? E você levava meu ar, coisa que não me fez falta, pois se é pra morrer sem ar, que seja sentindo o gosto do seu milkshake de morango.

Agora procuro um beija-flor que te leve morangos, um contato do dentista e um beijo meu. Esse texto ficou confuso, mas é porque lembrei do seu sorriso e todo o resto desapareceu.

Anúncios

2 comentários sobre “Morango

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s