Por enquanto.

wp-1466170675052.png

Um dia eu canso. Canso de virar a noite dançando ou vagando por São Paulo, canso de conhecer gente nova ou de abraçar desconhecidos. Um dia eu aprendo que as noites de sexta-feira foram feitas para descansar.

Mas por agora eu quero mais um open bar depois de um dia inteiro de trabalho, quero voltar pra casa com o sol raiando, seja no Anhangabaú ou na Augusta. Por hoje quero abrir os metrôs às 4h40 da manhã. Quero me arrepender de ter bebido de mais ou de menos.

Daqui alguns anos eu fico em casa de moletom vendo a novela, agora deixa eu me arrumar para atrair olhares por aí. Daqui uns dias eu repenso essa vida louca, essa semana tem cervejada da faculdade. Lá pelo sexto semestre eu penso em só ir pra aula e nada de bar, mas ainda estou no primeiro.

Num futuro próximo ou distante, ainda não sei, eu considero parar de gastar com as noitadas, mas no presente tem um VIP até 1h00 na baixa Augusta.

Na segunda-feira eu penso em tomar jeito, mas na sexta eu só quero viver. E deixe que falem, falem mal até esgotar os argumentos já vazios.

Ah, antes que você pergunte, o arrependimento não faz nem sinal de presença aqui dentro.

Anúncios